www.astronomiaamadora.net
Home | História | O Sistema Solar | O Universo | Astronáutica | Biografias | Download | Telescópio Hubble
  Ofertas Shopping UOL Binóculo no Shopping UOL Oculares no Shopping UOL Lunetas no Shopping UOL Telescópios no Shopping UOL  
 

top left top right
 

Os Povos PrÉ-Colombianos

IntroduÇÃo

A América começou a ser povoada há milhares de anos, muito antes de o navegador Cristóvão Colombo desembarcar no Novo Continente em 1492. Depois dele, numerosos navegadores partiram para o continente americano na esperança de fazer fortuna. Os habitantes das Américas, chamados pelos europeus de índios, encontravam-se nos mais diferentes estágios de cultura. O contato dos colonizadores com os indígenas foi desastroso. Muitas tribos foram dizimadas e algumas civilizações em alto grau de desenvolvimento, destruídas.

Segundo cálculos de fontes dúbias de confirmar, vivam na América cerca de 88 milhões de nativos quando Colombo desembarcou na ilha de Guanaani em 1492. Calcula-se que falavam 2000 línguas, pois a maioria vivia em pequenas aldeias isoladas, apesar da existência de grandes impérios, com cidades maiores que Lisboa e Madri.

Quando Cristóvão Colombo chegou à América, os europeus entraram em contato com povos por eles nunca vistos. Do outro lado, os ameríndios tiveram experiência semelhante. A partir daí, tivemos uma série de contatos marcados por intolerância e violência. Hoje, o número de línguas existentes atinge algumas centenas, provando que a destruição cultural e física dos ameríndios foi grande.

Dos esquimós aos habitantes da Terra do Fogo, os ameríndios habitavam os ambientes mais variados, passando pela Amazônia, pela Cordilheira dos Andes e as ilhas do Caribe. E da mesma forma que os ambientes eram variados, as sociedades também seguiam o mesmo caminho, com grupos de caçadores e coletores à sociedades agrícolas sedentárias com alto grau de complexidade social.

Das sociedades existentes no final do século XV e início do XVI três despertaram a atenção dos espanhóis e despertam a nossa na atualidade: os maias, os incas e os astecas. Contudo o requinte dessas civilizações só pode ser visualizado através de um olhar retrospectivo, como o resultado de um desenvolvimento secular dos grupos humanos na América.

Quase todos esses povos viviam em comunidades, em que os meios de produção eram propriedade coletiva. Todos dividiam as tarefas de acordo com a idade e o sexo. Cada grupo tinha o seu chefe, geralmente o mais valente, o mais sábio ou o descendente do fundador. Pais ou pessoas mais velhas educavam as crianças.

Dentre os grandes grupos em que se dividiam, destacam-se, como já foi dito: os maias, habitantes da atual Península de Iucatã; astecas, do México; incas, do Peru; na América do Norte, havia os esquimós, nadenes, sioux, apaches, iroques, entre outros; na América do Sul, os chibchas, aruaques, gês, caribes, tupis, guaranis, araucanos...

 
bottom left bottom right

Ir para:

Voltar para "História"
Bookmark and Share
2009 - Ano Internacional da Astronomia
 

Principal

Outros conteúdos

Sobre nós...

Assine nosso Feed RSS
© 2017 Astronomia Amadora.net - Todos os direitos reservados