www.astronomiaamadora.net
Home | História | O Sistema Solar | O Universo | Astronáutica | Biografias | Download | Telescópio Hubble
  Ofertas Shopping UOL Binóculo no Shopping UOL Oculares no Shopping UOL Lunetas no Shopping UOL Telescópios no Shopping UOL  
 

 

EQUIPAMENTOS

Detectores foto-elétricos

Layout de um CCD de três fasesAo mesmo tempo em que o desenvolvimento óptico parecia limitar o poder dos grandes telescópios, uma revolução se iniciava na indústria eletrônica - o aparecimento de uma geração de detectores de alta sensibilidade luminosa, que, além de aumentar o poder dos telescópios já existentes, alterou o seu custo operacional.

Os primeiros detectores utilizados nos telescópios foram as fotomultiplicadoras, que mediam somente o brilho total da luz incidente, enquanto os modernos detectores podem fornecer uma imagem bidimensional, determinando com maior precisão o brilho em cada ponto da superfície sobre a qual a luz do objeto celeste incide. Pode-se, graças aos desenvolvimentos da tecnologia espacial, obter uma reprodução eletrônica de uma pequena região do Céu, como também analisar um espectro, ou seja, a luz decomposta por um prisma.

Um CCD FujiOs dois maiores sistemas em uso são o sistema de contagem de fótons (que consiste de uma versão modificada de uma câmera de televisão) e o CCD (charge complete device), ou seja, dispositivo de transferência de carga, que compreende-se de uma série de minúsculas células de silício ultra-sensíveis (e que hoje estão presentes em web-cams, câmeras digitais, celulares, etc).

Esses detectores podem substituir as placas fotográficas em pequenas áreas, fornecendo imagens muito mais eficientes dessas regiões. Para efeto de comparação, devemos lembrar que as placas fotográficas registravam, há três décadas, um fóton a cada cem que atingiam a emulsão. Com os modernos CCDs, é possível registrar dois fótons em três, de mode que, com tais detectores, aumentou-se o ganho de um telescópio por uma potência de 100. Desse modo, um telescópio de 5 m equipado com CCD passa a possuir uma capacidade equivalente a um de 50 m. Assim, foi possível aos astrônomos aumentar em 10 vezes a capacidade de seus telescópios com o uso desses novos detectores eletrônicos.

Para saber mais:

 

Ir para:

Bookmark and Share
2009 - Ano Internacional da Astronomia
 

Principal

Outros conteúdos

Sobre nós...

Assine nosso Feed RSS
© 2017 Astronomia Amadora.net - Todos os direitos reservados